fbpx

Seis dicas para montar um bom portfólio

Quem trabalha com design gráfico, ilustrações, arte digital e áreas relacionadas a artes, comunicação e publicidade e propaganda, sabe que sem um bom portfólio, fica muito mais difícil encontrar novos jobs ou negócios.

A construção de um bom portfólio diz muito sobre o artista e muito sobre seu status de carreira. Se você está iniciando a sua ou ainda tem algumas dificuldades em manter o seu atualizado, selecionamos algumas dicas que podem ajudar. Vamos?

1. Tenha um portfólio online | A transição da era digital pede um portfólio online. É por meio dele que potenciais clientes comprovarão qual sua especialidade, quais marcas você já trabalhou e o seu nível como profissional, se é júnior, pleno ou sênior. Não dê chance para a preguiça: invista seu tempo no seu trabalho.

2. Crie trabalhos para você mesmo | Casa de ferreiro, espeto de pau? Hoje, não! Além dos seus trabalhos feitos para seus clientes, comece a criar projetos ghosts. São eles que podem mostrar sua total criatividade, muitas vezes limitada quando se trabalha com um briefing pré pronto.

3. Organize, planeje, faça | Muitos profissionais não finalizam seu portfólio por conta da falta de tempo. Mas pera, lá! Se esse é seu problema aqui vai uma força: se conseguir dedicar ao menos meia hora diária para seu portfólio no final de uma semana, por exemplo, você terá duas horas e meia dedicadas ao portfólio e no final do mês dez horas de empenho. #XôGaveta

4. Quem não é visto, não é lembrado | Prepare-se para enfrentar críticas, mas não tenha medo de expor seus trabalhos. Não se intimide por cases alheios, cada pessoa tem um grau de experiência, vocação e conhecimento.

5. Case o offline | Faça um book editorial com algumas peças chaves do seu portfólio, principalmente, se os trabalhos tiverem tido foco em veículos impressos, como revistas, jornais, PDV, entre outros. Durante uma reunião de negócios presencial, esse book dará mais credibilidade.

6. Seletividade | Embora esteja por último, é considerada a parte mais importante na montagem do portfólio. Escolha as trabalhos que você confia, e que vão além da expectativa do cliente. E mais uma vez: caso você não encontre trabalhos que considere suficientes, desenvolva trabalhos experimentais, como redesign de sites e marcas famosas, que tenham a ver com sua especialidade.